Fatores envolvidos na avaliação dos estudantes de um curso a distância: a experiência de um curso na área de saúde da criança

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Maria Aparecida Miranda da Silva
Liliana Maria Madeira Dramos

Resumo

O ensino a distância, na atualidade, vem assumindo uma posição relevante no ambiente educacional, no entanto, existe uma carência de estudos que possibilitem um melhor entendimento sobre os fatores que influenciam no sucesso ou fracasso do curso de acordo com a opinião dos alunos. Portanto, o objetivo do artigo foi verificar a associação entre características relacionadas ao aluno e a avaliação de um curso a distância. Foram analisados os resultados da avaliação de um curso à distância na área de saúde da criança dirigido aos profissionais da atenção primária, totalizando 330 alunos. Foram realizadas aferições de conteúdo dos alunos relativo ao tema antes do início do curso e após a realização do mesmo, permitindo observar a evolução do conhecimento. Análises descritivas envolvendo dados demográficos do aluno e os resultados da avaliação do curso foram realizados, a partir de instrumento de avaliação elaborado para este fim. Para verificar a associação foi realizada uma regressão logística bivariada. Dos alunos inscritos, 72,3% terminaram o curso; 96% consideraram o curso ótimo ou bom. De acordo com a progressão de aprendizagem, 54% dos alunos melhoraram seus conhecimentos sobre o tema após a realização do curso, porém 41% mantiveram o mesmo grau de conhecimento e 5%, tiveram uma piora no nível de conhecimento. Os resultados demonstraram que não existe associação entre a avaliação positiva do curso e os seguintes fatores: Sexo, idade, grau de escolaridade, profissão e prévia participação em outros cursos à distância. A educação a distância pode se constituir como uma forma importante de formação das equipes de saúde da família.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Maria Aparecida Miranda da Silva, UFMG

Mestranda em Promoção da Saúde e Prevenção da Violência; Federal Universidade de Minas Gerais; Faculdade de Medicina; Centro de Tecnologia em Saúde; Psicólogo. Contato: aparecidamiranda@medicina.ufmg.br; Av. Alfredo Balena; 190; Santa Efigênia; Belo Horizonte; CEP: 30130-100; Minas Gerais; Brasil.

Liliana Maria Madeira Dramos

Mestranda em Saúde Pública; Universidade Federal de Minas Gerais; Faculdade de medicina; Departamento de Medicina Preventiva e Social; Belo Horizonte/ MG; Brasil.